O Governo do Tocantins tem 66 prédios alugados como delegacias de Polícia Civil em todo o estado e todos eles estão com os alugueis atrasados. A informação foi confirmada pelo próprio Secretário de Segurança Pública, Cristiano Sampaio, durante entrevista ao Bom Dia Tocantins. Na capital, o prédio que abriga o complexo de delegacias especializadas vai ser desocupado após uma ordem judicial.

Sampaio informou que o governo encontrou outro imóvel, mais barato, que será utilizado como nova sede. Ele afirma que o local é na mesma avenida e tem dimensões semelhantes às da atual sede, mas o custo de aluguel é 44% menor.

Cristiano Sampaio, secretário de Segurança Pública do Tocantins — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

As delegacias que funcionam no prédio realizam principalmente investigações internas e têm pouca demanda de atendimento ao cidadão. “Nenhuma central de flagrante, nenhuma delegacia da mulher, que têm uma procura maior do público. São delegacias que têm um trabalho investigativo mais reservado e ele acontece e continua acontecendo independente da mudança de sede”.

Quanto às dividas dos demais imóveis, ainda não há uma previsão para o pagamento. “O prazo para pagamento é na medida que haja fluxo de caixa. Então neste ano já pagamos dois meses, do que era atrasado do ano passado, e a gente pretende que com a aprovação do orçamento a gente possa regularizar as demais parcelas”, disse ele.


Compartilhar:

Deixe seus Comentario