Nesta época do ano temperaturas variam entre 35º e 38°. Tem quem aproveite para faturar.

Alta temperatura: palmenses se protegem do calor e tentam diminuir exposição ao sol

Alta temperatura: palmenses se protegem do calor e tentam diminuir exposição ao sol.

Enquanto em algumas regiões do país, muita gente anda encasacada por causa das baixas temperaturas, no Tocantins, o sol não dá descanso. Por isso os moradores precisam buscar alternativas para se refrescar.

A dona de casa Raimunda Porfírio com a sombrinha na mão. Para enfrentar o sol na rua, só desse jeito. “É quente e o sol é forte demais”, afirma.

O guarda Tarcísio Lima, nunca esquece o chapéu. “Não sem, é chapeu direto” diz.

Entre as 14h e as 16h é o horário em que a umidade do ar fica muita baixa e o melhor é evitar a exposição ao sol. Um desafio para a agente de limpeza Deusimar Vieira. Ela trabalha no sol oito horas por dia para deixar a cidade limpa. “Chego em casa e dou uma descansadinha para esfriar o corpo para depois tomar aquele banho.”

Todos os dias em Palmas o sol brilhando no alto e muito calor. As temperaturas não baixam de 35º, 38°. Nem sinal de chuva, enquanto o inverno é rigoroso em algumas regiões do país, aqui, é temporada de praia. É a época que mais reúne banhistas nas praias do entorno do lago de Palmas.

O meteorologista Luiz Cabral explica que esse fenômeno acontece por causa do movimento que a terra faz em torno do sol. Nessa época, o calor está sendo levado para o hemisfério norte. “Nesse movimento a dinâmica da atmosfera é danificada, favorecendo a entrada de mais umidade ou a restrição dessa umidade. No estado do Tocantins, cria-se um grande sistema atmosférico de alta pressão inibindo a entrada de umidade. Com isso favorece as altas temperaturas e os baixos índices de umidade relativa do ar.”

E tem gente faturando com o calor. O vendedor Tiago Martins, que estava desempregado, decidiu vender caldo de cana no centro de Palmas. Feito na hora e geladinho. Ele se surpreendeu com a demanda. “Tem uma procura muito grande, já cheguei a vender até 60 copos. Estou muito satisfeito.”

Moradores busca alternativas para fugir do calor (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Moradores busca alternativas para fugir do calor (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Moradores busca alternativas para fugir do calor (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

http://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/moradores-de-palmas-buscam-alternativas-para-driblar-calor.ghtml


Compartilhar:

Deixe seus Comentario