Ezequiel de Souza Jorge foi condenado pela Justiça do Tocantins nesta quinta-feira, 9, a nove anos de prisão pelos crimes de lesão corporal, furto e extorsão, praticados contra seu pai, um idoso de 75 anos.

Conforme consta nos autos, o filho vinha se desfazendo de todos os bens do pai para adquirir drogas e o mesmo já teria agredido duas vezes o idoso. “A própria vítima fora enfática ao aduzir que fora submetida a agressões físicas e ameaças, por parte do acusado, por diversas vezes”, relata um trecho da sentença.

Ao dosar a pena, a juíza levou em consideração os agravantes de crime cometido contra a pessoa idosa, a prática de dois ou mais crimes da mesma espécie e o fato do réu ser reincidente. “Diante do cúmulo material de penas, a reprimenda resta definitivamente fixada no importe de nove anos, 11 meses e 15 dias de reclusão e 49 dias- multa no valor unitário mínimo”, concluiu a magistrada.


Compartilhar:

Deixe seus Comentario