Escola Estadual Deusa Moraes com participação da Fecipar, promove Exposição Literária e premia alunos destaques

Durante a manhã de sábado, 02 de dezembro, a Escola Estadual Deusa Moraes com o apoio da diretoria e acadêmicos da Fecipar, realizou no espaço de eventos da escola, uma Exposição Literária, com apresentações teatrais com alunos do 6º ao 9º ano, na região central de Paraíso do Tocantins.

A Escola Deusa Moraes tem como diretora a professora, Margot Araújo, que juntamente com as coordenadoras pedagógica, Leiliane Souza e Berenice Soares e demais colaboradores trabalharam diuturnamente para realização do projeto.

Conforme a direção da escola, o trabalho é uma ação do Projeto Político Pedagógico, que está dentro do programa de incentivo ao hábito da leitura, dinamizando com atividades literárias através da Biblioteca Monteiro Lobato da insituição.

A diretora Margot fez questão de salientar sobre a importância do projeto, “Seja por prazer, seja para estudar ou para se informar, a prática da leitura aprimora o vocabulário e dinamiza o raciocínio e a interpretação. Um ato de grande importância para a aprendizagem do ser humano, a leitura, além de favorecer o aprendizado de conteúdos específicos, ainda aprimora a escrita”.

Foto: Surgiu

Durante a Exposição Literária, aconteceram várias apresentações, dentre elas:

A leitura do livro, “O Aluno Preguiçoso” – Literatura de cordel, pelo professor Nelcy.

Teatro com a peça “A Moreninha” – Romance do escritor brasileiro Joaquim Manoel Macedo (1820/1982). Ele é considerado o primeiro romance tipicamente brasileiro, pois retratou hábitos da juventude burguesa carioca, contemporânea da época.

Foto: Surgiu

A peça foi apresentada pela turma 62.04, sob a orientação dos professores Antonio Alexandre e Suena Marques e arrancou aplausos durante a apresentação.

Foto: Surgiu
Foto: Surgiu
Foto: Surgiu
Foto: Surgiu

– Releitura do poema “José” – O poema é de autoria do escritor, Carlos Drumnond de Andrade e foi publicado originalmente em 1942, na coletânea Poesias, e ilustra o sentimento de solidão e abandono do indivíduo na cidade grande, a sua falta de esperança e a sensação de que está perdido na vida, sem saber que caminho tomar.

O poema foi apresentado pela Turma do 72.02, com os alunos Letícia, Artur, Erik, Ana Laura e Larissa, sob a orientação do professor Antonio Alexandre.

– Teatro – “Capitão Livrão” – apresentado por Acadêmicos da Fecipar

Foto: Surgiu

– Paródia – Leitura pela Turma do 82.03, com os alunos Sara, Thalita e Paulo Henrique, sob a orientação da professora Ana Carolina.

Foto: Surgiu

Ao final das apresentações a diretora e as coordenadoras premiaram os alunos campeões da leitura na Biblioteca Monteiro Lobato, da Escola Deusa Moraes em 2017. Foram premiados estudantes de cada turma com 1º, 2º e 3º colocado, onde os mesmos receberam medalhas como prêmio.

Foto: Surgiu
Foto: Surgiu

Antes da premiação dos melhores alunos frequentadores da biblioteca Monteiro Lobado a palavra foi disponibilizada ao escritor e vice-presidente da Academia de Letras de Paraíso, Ademir Barbosa Rêgo, que parabenizou a direção da escola pelo brilhante trabalho desenvolvido, e aos alunos pelas apresentações teatrais e literárias. Incentivou dizendo, “Vocês estão no caminho certo, procurando a biblioteca local, onde se adquire conhecimento e em seguida expondo o que leram e aprenderam nestes momentos que só enriquecem o ser humano”.

Foto: Surgiu

Ao fim aconteceu a visitação aos stands, onde todos os trabalhos e livros foram expostos, culminando com um lanche.


Was This Post Helpful:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Deixe seus Comentario