Em Palmas, equipe de trabalho trabalha a conscientização na zona ruralEm Araguaína, parceiros se envolvem para levar informações à populaçãoEquipes parceiras durante abertura do Dia “D”, nessa quarta-feira, 5

A Defesa Civil do Estado do Estado do Tocantins contabilizou o total de 444 visitas realizadas no primeiro dia de trabalho do Dia “D” de Prevenção a Queimadas e Incêndios Florestais. A ação aconteceu simultaneamente em Palmas, Araguaína e Gurupi levando informações sobre mecanismos de prevenção acerca do manejo do solo e da construção de aceiros, bem como do uso legal do fogo e das possíveis aplicações da legislação para a repressão às atitudes irregulares. Só na Capital, a equipe levou os esclarecimentos a 319 propriedades rurais.

Nas visitas, foram utilizados 42 veículos e helicóptero. A intenção do Comitê de Combate a Incêndios Florestais e Controle de Queimadas no Tocantins (Comitê do Fogo) é que o Dia “D” alcance os municípios de Pium, Formoso do Araguaia, Lagoa da Confusão, Lizarda, Paranã, Arraias, Goiatins, Mateiros, Ponte Alta do Tocantins e Rio Sono, que foram ranqueados, negativamente, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe),como os municípios que mais queimaram, no Estado, no ano de 2018. A ação se estenderá, também, para as regionais da Defesa Civil e quartéis do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO) durante todo o mês de junho e parte do mês de julho.

O coordenador estadual da Defesa Civil e comandante-geral do CBMTO, coronel Reginaldo Leandro da Silva, comemorou o resultado do primeiro dia da força-tarefa que, segundo ele, é fruto da cooperação desenvolvida pelo Governo do Tocantins, por meio da Defesa Civil e parceiros. “Agradeço o envolvimento de todos no primeiro dia de trabalho e conclamo-os a estarem presentes nos municípios previamente definidos, que são locais críticos, os quais estamos focados em desenvolver, com excelência, os trabalhos de prevenção a queimadas e incêndios florestais a fim de nos prepararmos para o período de estiagem”, afirmou.

De acordo com o coordenador-adjunto da Defesa Civil, tenente-coronel Geraldo Primo, o primeiro dia de trabalho superou as expectativas. “Pela primeira vez Araguaína e Gurupi realizaram o Dia “D” e nos surpreenderam por terem conseguido fazer uma grande mobilização. Isso mostra o empenho de todos nos trabalhos de conscientização”, frisou.

Interior

Em Araguaína, a equipe apurou 61 atendimentos. Para o coordenador regional da Defesa Civil e comandante do 2º Batalhão de Bombeiros Militar (BBM), tenente-coronel Ciro Guimarães, o sucesso dos trabalhos não seria possível sem a colaboração dos parceiros. “Conseguimos visitar unidades familiares nas zonas rurais levando informações sobre os riscos e as penalidades relacionadas ao uso do fogo sem autorização. Dessa forma, não teríamos condições de fazer um trabalho com tamanha excelência sem o apoio dos municípios e dos demais parceiros”, ressaltou.

Já em Gurupi, a equipe levou informações para 64 propriedades rurais. Conforme o coordenador regional e comandante do 3º BBM, tenente-coronel Maxuel dos Santos, por onde o grupo de trabalho passou, a população recebeu bem as informações. “De modo geral, todos gostaram bastante da ação e acharam importantes as dicas de prevenção. Esperamos que, a partir de agora, o município colha os frutos da operação”, disse.

Fotos : Divulgação Bombeiros/TO

 


Compartilhar:

Deixe seus Comentario