Uma operação policial para combater uma facção criminosa terminou com um morto na tarde desta terça-feira (7) em Palmas. A Polícia Civil informou que agentes da Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos (Denarc) foram até uma casa no Jardim Aureny IV para cumprir mandados de busca quando houve um confronto.

Pelas informações da polícia, o imóvel era uma espécie de base operacional da quadrilha. Olheiros do grupo teriam avisado os criminosos através de um sistema de rádios que havia policiais chegando. A Denarc afirma que houve troca de tiros.
Denarc apreendeu objetos na casa onde teria havido o confronto (Foto: Divulgação/Denarc) Denarc apreendeu objetos na casa onde teria havido o confronto (Foto: Divulgação/Denarc)

Denarc apreendeu objetos na casa onde teria havido o confronto (Foto: Divulgação/Denarc)

A maioria dos suspeitos fugiu de carro, mas que Vinicius Pereira Mota ficou no local. Ele foi baleado e chegou a ser socorrido, mas morreu quando recebia atendimento na Unidade de Pronto Atendimento da região sul.

A Denarc disse ainda que para não colocar a vida de moradores em risco não perseguiu o carro com os fugitivos. A casa foi revistada pelos agentes.

No local foram encontradas armas, rádios comunicadores, placas falsas de veículos, luvas, drogas e um caderno que os policiais suspeitam que seja a contabilidade da quadrilha.

O corpo de Mota foi levado para o Instituto Médico Legal de Palmas. As investigações para tentar localizar o restante do grupo vão seguir nas mãos da Denarc.

Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.


Compartilhar:

Deixe seus Comentario